terça-feira, 31 de agosto de 2010

"Uma sociedade de carneiros acaba por gerar um governo de lobos." Victor Hugo (França, 1802-1885)

O que nos falta é bom senso...

Constituição brasileira:
Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II - garantir o desenvolvimento nacional;
 III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. 

Sendo assim, fico imaginado, quase delirando, os motivos pelos quais nossos atuais governantes enchem nossa carta de magma com estatutos, das mais distintas finalidades. A Constituição não é clara o suficiente? Ou será que somente alguns tem a inteligência anormalmente distorcida para entender essas poucas linhas? Está bem, precisa-se evoluir nossa Constituição da mesma forma que evoluímos como seres humanos, se é que isso anda acontecendo...
Mas e o bom senso onde fica? Não seria muito mais fácil ter uma Constituição amplamente divulgada e entendida? Onde as relações pessoais estariam alicerçadas fundamentalmente no bom senso? Isso seria maravilhoso, quase utópico, mas também seria dar armas aos inimigos dessa nossa pseudo-democracia...

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

"Saber o que é correto e não o fazer é falta de coragem." (Confúcio)

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

A importância da fé para o ser humano?

"O homem sempre precisou e sempre precisará de algo para acreditar. A fé é esse ato de acreditar, essa crença que o ser humano possui, seja em si mesmo, seja em Deus, ou em qualquer outra coisa. Independente do que for, o homem sempre terá fé em algo." (Rodrigo, 2.º ano, Gusch)

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

"Os bons conselhos, venham de onde vierem, devem brotar da prudência do príncipe, e não a prudência do príncipe dos bons conselhos." (Maquiavel, O Príncipe)

Eleição 2010

Longe de querer fazer aquele discurso, que sempre aparece nessa época, de votar com consciência e blá, blá, blá, o necessário mesmo é pensar o que se quer para o país ou para nosso Estado. Não existe político perfeito! Se existisse seria, ou um alienígena, ou algo que ainda não se conhece. Se nem Deus agrada à todo mundo, quem dirá um mero ser humano. O importante é saber que nossas escolhas geram consequências e estamos prontos para elas?

A verdade de cada um!

Somos seres individualistas que teimamos em viver metidos numa coletividade estranha para nós, ou seria o contrário? Pois bem, a única coisa que nos pertence, verdadeiramente, é a nossa verdade. Não aquelas verdades universais, como a gravidade, a violência, o suco de laranja e a ressaca. A verdade unicamente nossa é aquela que nos difere dos outros, nos torna únicos, libertos e independentes. Às vezes ela vem disfarçada como opinião, confundida com gostos ou camuflada como "birras" e exageros, mas não deixa de ser verdade, a nossa verdade...

Ah! Sem desespero! Nossas verdades são tão estáveis como um bêbado sentado num touro mecânico! Elas mudam conosco, quando mudamos diariamente com a vida.O que, para nós, hoje é a verdade mais verdadeira que existe, daqui a um segundo pode-se tornar a maior inverdade já contada. O importante é não morrer abraçada nela! E falar nisso, qual a sua verdade hoje?