segunda-feira, 13 de setembro de 2010

"Quantas vezes a gente, em busca da aventura,
Procede tal e qual o avozinho infeliz:
Em vão, por toda parte, os óculos procura,
Tendo-os na ponta do nariz!" (Mario Quintana)

terça-feira, 7 de setembro de 2010

?????????????

Que País É Esse 

Nas favelas, no senado
Sujeira pra todo lado
Ninguém respeita a constituição
Mas todos acreditam no futuro da nação
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?
No Amazonas, no Araguaia iá, iá,
Na Baixada Fluminense
Mato Grosso, nas Gerais e no
Nordeste tudo em paz
Na morte eu descanso, mas o
Sangue anda solto
Manchando os papéis, documentos fiéis
Ao descanso do patrão
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?
Terceiro mundo, se for
Piada no exterior
Mas o Brasil vai ficar rico
Vamos faturar um milhão
Quando vendermos todas as almas
Dos nossos índios num leilão
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?

Renato Russo (Legião Urbana)

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

"Muitas vezes a amizade serve apenas para saltar por cima de inveja. E muitas vezes só atacamos e criamos inimigos para ocultar que nós mesmos somos vulneiráveis." (NIETZSCHE, Assim Falava Zaratustra)

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Pois é...

Qual o maior problema do Brasil?
Não são os governantes, a corrupção, a educação, nem o povo. O maior problema é a passividade.
O brasileiro nunca foi um povo passivo, porém parece encontrar-se em um invólucro de passividade (se nunca foi passivo, encontra-se passivo).
Como se sai disso? Não sei! Só sei que quando as pessoas, que possuem uma sagrada indignação em suas entranhas que enflama sua alma, desistem da luta jogando-se de cabeça na passividade, ou mesmo fugindo da luta, dirigindo-se a outro país, ou até renegando sua origem... quando isso acontece, a esperança em mudanças fica enfraquecida...
O que mais posso dizer... "Hasta la victoria siempre!"